Assuntos de Goiás TV

quinta-feira, 4 de julho de 2013

"O Congresso inviabilizou a reforma política", diz Marina Silva via @Reinaldo_Cruz

Marina Silva diz que o Congresso é o culpado
“O que estão propondo é para dar mais verticalização e maior monopólio para os partidos políticos”, disse Marina. Para a idealizadora da Rede, os parlamentares precisam consultar mais a sociedade antes de encaminhar. "O Congresso não é a resposta, ele é uma ferramenta. Se for apenas entre o Palácio e o Congresso, eles não entenderam nada."

Marina esclarece que acredita na necessidade de uma consulta popular, mas que não concorda com as perguntas e nem como ele foi decidido. "Não estou contra o plesbicito, estou contra a maneira que ele está sendo feito."

Em sua campanha presidencial de 2010, Marina defendeu a criação de uma constituinte para elaborar uma reforma política, proposta igual a defendida incialmente por Dilma, e depois retirada. A ex-senadora disse ter amadurecido a ideia e que, após conversar com juristas, entende que a proposta não seja a ideal, mas que também não concorda com que o próprio Congresso elabore a reforma. "Quando os políticos viram uma classe, eles perdem a legitimidade para mediar os embates entre diferentes classes", defendeu.
Veja mais: "O Congresso inviabilizou a reforma política", diz Marina Silva - Política - iG

Seguidores