Assuntos de Goiás TV

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Desfiando o novelo! Coaf aponta R$ 101 milhões em ‘operações suspeitas’ ligadas a Cabral – Discutindo Tudo

Grupo empresarial pagou quase R$ 11 mi a empresa fantasma de operador do ex-governador. Imobiliária liga assessor de Cabral a concessionárias investigadas
sergio-cabral-ficha
O Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) detectou uma série de transações atípicas em pelo menos oito concessionárias de veículos que, segundo as investigações da Polícia Federal e do Ministério Público Federal (MPF) seriam ligadas a Sérgio Cabral, preso na semana passada durante a Operação Calicute. Em um Relatório de Inteligência Financeira (RIF), o órgão enumera uma série de operações classificadas como suspeitas que totalizam mais de 101 milhões de reais.


Dessa montanha de dinheiro, 10,9 milhões de reais, ou seja, 10%, foram depositados – entre os anos de 2007 e 2014 – na conta da empresa LRG Agropecuária (antiga Gralc Consultoria), registrada em nome de Carlos Emanuel de Carvalho Miranda, conhecido como Piuzinho, que segundo os procuradores é o contador do ex-governador.

Seguidores